quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Alienação x Informação

Quarta-feira a noite estava eu sozinha no aconchego do lar (Pablo tinha saído com a Clarice), quando resolvi ver o jornal enquanto estava jantando. Gente, depois de um festival de bad news literalmente (só assunto baixo astral), passou uma reportagem que me deixou tão triste, tão chocada, que na  hora me embrulhou o estômago, parei de comer e me deu uma vontade muito grande de chorar. E o pior é que a notícia (que não vem ao caso falar aqui, pois não quero ficar batendo na tecla), ficou gravada na minha cabeça e mesmo ontem (quinta-feira) várias vezes durante o dia eu ficava lembrando do que tinha visto e me vinha um mal estar.
Daí que ontem fiquei refletindo o seguinte: pra quê eu vejo e leio jornal? Pra quê eu quero ficar antenada no que está acontecendo no mundo, mesmo que seja a mais de 50.000 km da onde estou? Pra quê eu tenho que ser informada? O que eu vou fazer com todas estas informações senão apenas comentar com algum colega de trabalho?
Leio jornal desde muito nova, pois na casa dos meus pais sempre fomos educados para sermos informados, por isso meu pai sempre assinou várias revistas, jornais e um arsenal de meios de informação. Além disso, eu sempre tive que estar muito bem antenada para poder passar nessas diversas provas que a sociedade nos coloca (vestibular, concursos, faculdade, etc...)
Mas fato é que desde quando eu tenho este hábito de ler jornais, as notícias nunca mudaram. São sempre as mesmas coisas: corrupção, desvio de dinheiro, morte, assassinato, tráfico, e por aí vai o festival bad news!
Pergunta que não quer calar: eu preciso saber disto para minha vida?
Pergunta que não quer calar (2): será que eu lendo isto vai fazer alguma diferença para o mundo?
Pergunta que não quer calar (3): qual o problema de eu ser alienada e viver no meu mundinho cor de rosa?
Sempre achei de mal tom e de extrema ignorância uma pessoa de nosso meio social ser alienada. Mas, sinceramente, estou revendo meus conceitos e acho que vou começar a fazer parte desse grupo.
Eu não preciso ler jornais para fazer o bem, fazer boas ações, ajudar o próximo. Eu posso fazer tudo isto, sem precisar ficar sabendo desse show de bizarrices que está acontecendo por aí.
Eu, definitivamente, não quero mais que uma notícia de jornal me faça tão mal quanto esta me fez, mesmo porque neste caso não posso fazer nada, exceto chorar.
Chega de querer ser informada. Não quero ser informada de tragédias, de crises mundiais, de guerras, de corrupção. Minha vida vai ficar muito melhor sem precisar saber disso!

Bjos

Um comentário:

  1. Muito bom texto!

    Também preciso me alienar......

    ResponderExcluir